Oliver é um menininho lindo que, aos 2 anos de idade, começou a apresentar sintomas característicos de autismo. Depois de MUITA pesquisa descobri que o fator que MAIS contribuiu para o aparecimento dos sintomas que o meu filho apresenta hoje - entre outros - é a toxicidade das VACINAS, leia aqui. Felizmente, também descobri a ajuda maravilhosa que a HOMEOPATIA pode proporcionar, leia aqui. Seguindo o exemplo de muitas outras crianças que estão se recuperando todos os dias no mundo, vamos começar esta viagem com a desintoxicação das vacinas através da terapia CEASE, conheça clicando aqui. Essa viagem vai ser longa, mas temos muita fé que um dia chegaremos no nosso destino: a RECUPERAÇÃO TOTAL. Comece lendo o primeiro post: O começo da nossa viagem aqui.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

A Raiz REAL do autismo esta´ mesmo no intestino!

Para quem assistiu aquele programa fraquíssimo que o Fantástico da Rede Globo fez sobre o autismo com o Dr. Drauzio Varella, aqui vai um documentário recente IMPERDIVEL que explica como antibioticos afetam a flora intestinal, e como vacinas causam acumulo de metais pesados, causando o desquilibrio do sistema imunologico, que se torna ineficaz para impedir a proliferação de bacterias patogenicas - que ao liberar toxinas acabam afetando o cerébro - e infeccoes virais cronicas.


Este é problema dos nossos filhos autistas! E o seu problema é tratável! 


Para ver o documentário, é só clicar em cada um dos links abaixo... tem legendas em português.


Assista pelo menos o começo da parte 2 para ver o depoimento da mãe. Ela conta que deu antibiotico por 8 semanas para o filho, para tratar a proliferação de uma familia de bacterias chamada Clostridium (comum no intestino de crianças autistas).

Você vai ver como o menino melhora em seguida com o antibiótico, mas acaba retornando aos velhos sintomas porque os esporos da bacteria voltam a se proliferar ja' que o antibiotico não é capaz de matar os esporos.

Por isso lembre-se, nunca de remédios psicotrópicos para a criança autista, porque você só vai estar contribuindo para piorar o problema não estará tratando o que deve tratar... os metais pesados acumulados nos tecidos do corpo, e  infeccoes no intestino e no cerebro!

Vamos cuidar da dieta dos nossos filhos, evitar antibióticos e vacinas, e para quem gosta da homeopatia como eu, devagarzinho tentar reverter  este problema. 

Com muita fé, chegaremos lá se Deus quiser!

21 comentários:

  1. Olá Julie.

    Confesso que fiquei bastante emocionado com todos os textos que você descreve no blog. Meu filho tem hoje 5 anos e não foi diagnosticado com autismo, mas possui alguns dos sintomas que você relata em seu filho.

    Peço licença para contar um pouco da história do meu filho: ele nasceu prematuro, teve infecção na UTI, convulsões ventriculares e diversas dificuldades, que tornam o fato do mesmo estar vivo um milagre que agradeço a Deus todos os dias. Desde o nascimento, o mesmo vem tratando com uma neuro, já fez fisioterapia motora até andar, fisio respiratória, continua atualmente com fono e T.O. Como disse, não tenho diagnóstico fechado em autismo, três neuros que levei responderam a mesma coisa: atraso de desenvolvimento ou imaturidade devido a insuficiência de oxigênio, ao sangramento cerebral e prematuridade.

    Independente disso, vários dos seus sofrimentos me abalaram ou abalam e tem dias que a infelicidade cresce em mim como uma doença incurável. Compartilho com você várias das angústias: a inveja das crianças "normais", a dor de não conseguir dialogar com meu filho, a sensação de que ele vive em outro mundo, querer assistir sempre o mesmo DVD (esse ele não tem mais), sair com ele em um restaurante somente com celular para distrair, não olhar nos olhos quando converso com ele (melhorou muito nos últimos tempos), não atender ao nome (não sei dizer se melhorou, às vezes acho que sim, e quando não atende acho que é normal porque está distraído), entre outros. Incluo ainda alguns outros: medo extremo de cachorro (principalmente do latido), diálogo extremamente pobre (inexistência de verbos, para pedir água é "água", para pedir banheiro é "xixi", etc), passividade extrema (entrega o brinquedo que está na mão pra outras crianças mesmo sem esta pedir ou tomar, e fica chorando). Tem horas que acredito no autismo, mesmo contra os neuros.

    Mesmo assim, em alguns momentos tenho certeza que este não existe: o mesmo é amável, carinhoso, entende nossas ordens e pedidos, canta músicas, corre com os primos, ri bastante, adora a escola, etc. Esta incerteza também tem me causado angústia: não sei até onde ele pode ou não ir, se tenho que ter expectativa se ele vai ou não conseguir fazer algo, se haverá ou não limitação para o que ele vai fazer, etc. O que sei é que as escolas aqui não estão preparadas pra isso.

    Aliado a isso, havia ainda a questão de saúde física, que durante muito tempo me preocupou: a infecção que ele teve na UTI deixou bastante sequelas pulmonares, somado ao tempo excessivo na respiração mecânica. Enumerando: asma, bronquite e hipertensão pulmonar, que fizeram com que ele usasse infinitos medicamentos (bombinhas, antibióticos, etc). Como disse antes, me "preocupou", pois a homeopatia RESOLVEU todos estes problemas, não existe mais asma, bronquite, nada, nadinha.... nem gripe ele pega mais. Eu, que era uma pessoa que achava homeopatia uma besteira, sou mais um a levantar a bandeira!!!! a saúde física dele é igual a de uma criança comum (sinceramente até melhor, é mais forte que os primos, com certeza!!!!).

    Porém, não tinha noção que a homeopatia tem esse PODER, de auxiliar na saúde mental, até mesmo de cura!!!!, muito menos conhecimento eu tinha do efeito nocivo das vacinas e antibióticos!!!!, e se tem alguém que possui antibiótico no corpo, com certeza é meu filhote.

    Concluindo, o último neuro que fui receitou Risperidona. Depois de ler a bula do remédio na Internet, os textos no seu site e tudo mais é claro que não vou administrar o remédio!!! Inclusive já marquei novamente a consulta com o homeopata que cuidou dele para ver o que pode ser feito. Não sei se este trabalha com CEASE, mas também estou em Campo Grande-MS, acho difícil encontrar profissional que atue neste área aqui. Mas vamos que vamos!!!! depois te conto como foi com o homeopata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Gustavo,

      Agradeco a sua mensagem tocante. Sinto MUITO pelo que aconteceu com o seu filho.

      O espectro do autismo 'e muito amplo, ne? Alias, o espectro do autismo se chama espectro de autismo simplesmente porque toda vez que uma crianca nao se desenvolve bem a medicina convencional nao sabe explicar porque, vai incluir no espectro, certo?

      O seu filho talvez tenha problemas de falta de atencao, ou hiperatividade, ou quem sabe tenha algum probleminha de ouvido? Se a comunicacao social dele em geral esta boa, ele participa de brincadeiras com outras criancas, olha nos olhos dos adultos, acho que ele tem outro probleminhas acessorios que com o tempo virao a melhorar... DESDE QUE... voce pense antes de vacinar e muito MUITO mais antes de dar um antibiotico.

      Os antibioticos sao algo para uma infeccao realmente serissima, nao para qualquer febre, dor de ouvido ou garganta. Os pais precisam comecar a se informar sobre tratamentos naturais, dieta saudavel, encorajar esportes ou sair para brincar no parque.. veja, ha tantas maneiras de ajudar os nossos filhos em vez de dar antibioticos e levar no medico. Nos assustamos com qualquer coisa.

      A ultima vez que o meu filho teve uma infeccao de ouvido e o medico receitou antibiotico, eu disse a ele que nao ia dar e que ia voltar todos os os dias para que ele monitorasse a infeccao. Sorte minha que moro na Inglaterra e 'e facil ir ao medico, e foi o que fiz. Com o passar dos dias a infeccao foi embora, porque certas infeccoes sao somente porque o sistema imunologico esta tentando se reequilibrar quando se desintoxica da poluicao, dos agrotoxicos que comemos ou ate, de remedios que tomamos e continuam no nosso organismo.

      Temos que reaprender a voltar aos tempos de nossos avos, tratar criancas com remedios caseiros, comer comida caseira, cozinhar nossos proprios doces, etc.

      Eu estarei rezando pelo seu filho e para que Deus ilumine os seus pais para que eles sejam fortes o suficiente para nao cair no conto de que o remedio psiquiatrico vai ajudar o seu filho, porque nao vai.

      E a homeopatia, como ja repeti varias vezes, 'e a melhor saida para restabelecer a saude das criancas. Nos adultos ela funciona de forma muita lenta e ao nao ver resultados imediatos as pessoas acham que nao funciona, o que 'e uma pena. Mas nas criancas 'e muito mais rapido. E sim, fisico, mental, a homeopatia da um empurraozinho para o proprio sistema imunologico restabelecer a saude da crianca, seja ela fisica ou mental :)

      Um grande abraco, e muito sorte para o pequeno grande homem que voce tem em casa. Vamos seguir com esperanca e fe, sempre, eles sao muito pequenos e ha muitos anos pela frente ainda!!

      Julie

      Excluir
    2. Gustavo, com todo respeito, me admira a sua falta de busca por um diagnóstico. É claro que seu filho é autista!! Meu filho tem 2 anos, fiz de tudo para obter o tão temido papel que diga o que ele tem. É difícil rotular pessoas , muito mais quando são elas o nosso mundo. Porém, sua melhora é significativa e absoluta. Não se prenda a 3 neuros, vá a 10 caso precise. Não é possível tolerar uma criança com 5 anos que só fala água e xixi sem que você faça algo por ela. Me desculpe o desabafo, mas fico indignada com o medo dos pais e médicos. É preciso ajudá-las o quanto antes!!! Meu filho hoje. Me olha nos olhos, brinca com outras crianças, fala muito mais que 10 palavras. Continua sendo carinhoso, amável, feliz, sorridente...Tal o seu. Vá a luta!!!! Tudo de bom!!! Meu menino completa 3 anos em dezembro.

      Excluir
  2. Olá Julie,

    Conversei com o homeopata, foi uma das melhores conversas da minha vida!!! o mesmo não conhecia a terapia CEASE, realmente no Brasil ela não é muito conhecida, mas o mesmo disse que faz desintoxicações isoladamente, ou seja, se uma criança toma uma determinada vacina e fica mal, ele faz desta vacina isolada, e não todo um tratamento contínuo.

    O importante é que ele concordou com tudo o que você apresentou no site: os problemas da vacinação e uso de antibiótico; a importância da alimentação saudável; a ligação entre autismo e intestino e até mesmo as descrições de como funciona a indústria farmacêutica... o mesmo ficou MUITO entusiasmado, está totalmente disposto a fazer a desintoxicação do meu guri... disse também que é extremamente importante a pesquisa dos pais no tratamento (aproveitou pra criticar um pouco os alopatas, que acham que são deuses onipotentes kkkkk)

    Começamos devagar enquanto ele aprende mais sobre a terapia (não descarto a possibilidade de que ele faça a certificação), ele receitou Carcinosinum 200C mas disse que vai sim fazer os tratamentos com as vacinas e antibióticos em dose homeopática. Fiquei muito feliz com o tamanho interesse dele ao ouvir falar do tratamento, só pra exemplificar, ele disse que está muito interessado pois tem alguns pacientes autistas, e que os resultados do meu filho poderão ajudar no tratamento e na cura de crianças autistas daqui....

    Vou te informando conforme o tratamento estiver avançando, ok?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sorte, nao deixe de aparecer por aqui e nos contar como vai :)

      Meu filho reagiu muito ao Carcinosinum... boa sorte pra voces!

      Excluir
    2. Gustavo você mora onde? Por favor quero que entre em contato, qual o médico homeopata que você levou seu filho? julianaragazzon@gmail.com

      Excluir
  3. Olá meu nome é Rose e gostaria de dizer que é um alento ler o relato de vcs. Ultimamente ando me sentindo sem esperança, triste mesmo com a situação do meu filho. Ele tem quase 4 anos, fui em apenas um neuro aqui de campinas sp, o que dizem ser o mais experiente. Já na 1ª consulta ele falou do autismo. Só achei que ele foi bem inespecífico, não falou do meu filho mas sim do autismo em geral, enfim saí de lá bem confusa...e desesperada.Fiz mais alguns exames de x frágil e deu negativo. Voltei no neuro ele não parece ter demonstrado interesse no caso do meu filho e falou pra voltar de 6 em 6 meses...Bom como meu filho quase não fala começei com a fono por minha conta, e coloquei ele pra fazer ecoterapia. O Rafael é muito esperto, alegre é carinhoso também, mas a gente percebe que além da ausencia da fala ele também não consegue brincar com outras crianças, apesar de demonstrar interesse por elas em estar junto...Ele tenta brincar e de repente as crianças começam com uma brincadeira de correr, empurrar e o que eu percebo é que ele tbem querendo fazer isso, mas não consegue controlar a intensidade, empurra enfim as crianças não tem paciência com ele. acabam se afastando. Isso tem me matado aos poucos. Ele está na escolinha também e lá tbem já ouvi relatos da professora (quase chorei na frente dela) sobre as birras dele, dele jogar os brinquedos no chão quando é contrariado, dele atrapalhar na hora da roda da história. meu filho foi muito desejado, nasceu prematuro de 8 meses ficou alguns dias na uti e teve um início de infancia normal até uns 18 meses, quando tudo começou a mudar..
    Lendo o texto de vcs pensei em procurar um homeopata aqui na minha cidade tbem. Desculpe o desabafo, estou me sentindo muito só nessa luta...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rose, sinto muito que o seu filho seja mais uma vitima do autismo... ja sao tantos hoje em dia ne?

      Rose, no facebook ha varios grupos de maes com filhos com atraso no desenvolvimento. Vamos esquecer a palavra autismo por um momento, pense que o seu filho esta atrasado no desenvolvimento e que ele tem alguns desafios e que voce precisa ajudar a sarar cada um deles ok?

      O neuro? Bem, o neuro tem muito pouco a fazer por voces, infelizmente. Se voce continuar voltando la, provavelmente ele vai acabar receitando algum remedio que nunca foi testado em criancas (mas em adultos esquizofrenicos) para tentar ajudar com a concentracao etc.

      O seu filho nao precisa disso. Ele agora precisa de voce (porque nem todo pai ajuda, ne? Espero que o seu marido ajude....) E' de voce que ele precisa agora.

      Ele precisa que voce.. entenda que o problema dele 'e fisiologico e nao mental, e que voce se preocupe com a dieta dele. O jeito ideal de comecar 'e ler o livro da Claudia Marcelino Autismo Esperanca pela Nutricao, porque ali voce vai aprender como o gluten faz mal, como ele afeta o intestino e o cerebro. Ali vc vai aprender os maleficios do leite de vaca pasteurizado, do acucar. Se voce comecar eliminando totalmente por meses, estes 3 grandes agressores, o seu filho talvez ja melhore muito!

      Depois disso voce tera 2 opcoes: 1. procurar um medico que faca o tratamento biomedico para averiguar o que esta acontecendo na barriguinha do teu filho e ver que deficiencias nutricionais que ele tem, e perto de Campinas 'e so' mesmo a Dra. Simone Pires em SP, ou 2. pegar um otimo homeopata unicista como a Dra. Sandra Chaim em SP/ou desintoxicar as vacinas pela terapia CEASE com a Maria Helena Rossi em Uberlandia e resolver muitos dos problemas que ele tem de uma vez, sem efeitos colaterais.

      Fazer bastante terapia ocupacional, aceitar que neste momento ele esta' tendo dificuldades mas que NADA 'E ETERNO se o tratamento comecar o antes possivel, e dar muito amor em casa, brincar, estimular.

      Qualquer outra opcao, na minha humilde opiniao ( e estou nesta viagem ha quase dois anos) 'e perda de tempo, PERDA DE LAGRIMAS, DE ENERGIA, DE FORCA E DE FE.

      Nao deixe isso acontecer indo no neuro. Gaste sua energia com os profissionais que valem a pena, e que vao te dar a chance de curar o seu filho de uma doenca imunologica como qualquer outra, mas que nao 'e nem um pouco facil de tratar e que a gente vai consertando a medida que faz o "quebra-cabecas".

      Rose, nao 'e facil, mas tente nao ficar triste. A gente fica... voce vai ler no meu blog como eu fiquei triste (e fico) em varios trechos. Mas tb aprendi que nao adianta. O nosso tempo a gente tem que gastar procurando respostas, e nao deixando tudo na mao dos medicos. A medicina convencional nao tem as respostas que precisamos.

      A sua viagem comeca agora tb, nao perca tempo, nao. E pesquise bastante sobre vacinas e antibioticos antes de dar....

      Um gde abraco,
      Julie
      PS: os grupos no FB sao um grande apoio! recomendo o nosso Tratamentos Naturais para o Autismo e o Autismo Esperanca Brasil
      PS2: me escreva ao meu email se voce precisar de forca.

      Excluir
    2. Julie, acredito piamente que o problema maior está na barriga. Estômago, intestino...Vou procurar um homeopata para ontem! Tudo de bom!!

      Excluir
    3. Rose, ai emCampinas tem um pediatra homeopata excelente que levo meu filho. O nome dele é Dr. paulo Cezar Leal. O consultorio dele fica no Chapadão.S
      Fone: (019) 3242-2471 / (019) 3203-6113 . Ele é unicista tb e tem muito tempo de experiencia.

      Excluir
  4. Eu tenho um filho de 7 anos com diagnóstico de autismo e toma remédio desde os 4 começou com neuleptil 1% depois foi acrescentado o risperidona 1 mg,hoje ela toma neuleptil 4% e risperidona 2mg e ainda foi acrescentado o biperideno(akineton) que o psiquiatra disse que serve pra desintoxicar,lendo todos esses depoimentos fico muito empolgada em fazer uma revolução mas será que tenho que retirar toda medicação,tenho medo que isso lhe cause um problema maior,ele é hiperativo e numca deixou de ser com nenhuma medicação.eu tenho o livro da Claudia e faço a dita sem glúten.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Marluce,

      Agradeco a sua mensagem. O seu filho ainda e' novo e voce ja esta dando 3 remedios para ele :(

      Marluce, eu espero que voce tenha tido tempo de ler meu post sobre remedios psicotropicos (Risperidona). Se eu pudder aconselha-la, te diria que tenha como objetivo tirar os remedios do seu filho, todos. Isso nao pode ser feito da noite para o dia, mas se voce nao comecar ajudando-o, os problemas que ele tem nao vai melhorar nunca e com os remedios voce estara criando outros.

      Comece cuidando da dieta dele. A medida que voce implementa a dieta, va reduzindo o remedio. Procure um OSTEOPATA que faca TERAPIA CRANEOSACRAL, leve-o mensalmente se voce puder. Leve-o a um homeopata... ou faca tratamento biomedico.

      Hoje o autista nao tem mais porque tomar remedios, ha tantos tratamentos!!

      Sinto muito que o seu filho tome remedios e espero que voce mude essa realidade e tente ajuda-lo!

      Um abraco,
      Julie

      Excluir
  5. Preciso de médico ou nutricionista em Brasília para tratar meu filho de 2 anos e 8 meses com diagnóstico de autismo em fase de conclusão.
    Agradeço

    ResponderExcluir
  6. Ola, nos temos uma filha de 7 anos com monossomia do cromossomo 22, o grau de autismo dela é severo, ela anda mas não fala, não mostrou nenhum problema intestinal, come bem e o intestino funciona normal, se puder me informar se vcs ja tiveram casos de autista com sindrome cromossomica em que o tratamento homeopatico e dieta tiveram algum melhora na parte cognitiva, por favor me ajude com alguma informação, obrigado.

    ResponderExcluir
  7. Olá. Tenho um filho de 4 anos de idade. Desde os 2 anos e meio ele começou a ler tudo, é muito inteligente para a idade dele, reconhece todas o alfabeto e os números, agora começou a digitar no computador, mas a parte motora dele é comprometida. Ele quer que a gente dê tudo nas mãos para ele, não quer defecar no vaso, só na fralda. Na escola não gosta muito de brincar com outras crianças, às vezes é agressivo. Em casa parece muito distraído, ele agora que responde quando chamamos pelo nome, até pouco tempo não respondia. Ele tomou muitasss vacinas, até as que não são obrigatórias eu dei, achando que estava fazendo bem para ele. Ele não cumprimenta as pessoas quando chega, a fala dele é bastante nítida, mas não vai por conta própria e dá um abraço em ninguém, apesar de ser muito carinhoso em casa, com os pais. Final do ano levei em uma psicóloga e ela disse que é o antigo Asperger, que seu cognitivo está preservado, mas pediu que eu fosse em um neuro, mas não estou querendo ir, porque passam medicação. Ele é muito inquieto, não se concentra em nada, só se for muito interessante para ele, a minha sorte é que ele aprenda fácil. A escola já me alertou que por causa da falta de atenção dele, pode ser que ele não consiga acompanhar a turma. Moro no interior da Bahia, como falo com o Homeopata sobre o que desejo fazer, desintoxicação intestinal? Não sei se os médicos daqui poderão me ajudar. Se possível me dê uma dica.

    ResponderExcluir
  8. Ola anonimo,

    Este blog conta o tratamento do meu filho com a terapia CEASE, que desintoxica vacinas. Se o seu filho foi vacinado certamente vai ajuda-lo.

    So existe uma homeopata no Brasil que oferece este tratamento (no momento, FEV 2014), ela se chama Maria Helena Rossi.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Julie! Tenho um blog também tdahcriancasquedesafiam, também do blogspot e um grupo no facebook com o mesmo nome, que é também o do livro que escrevi TDAH Crianças que Desafiam
    Por indicação de um amigo virtual estou levando este seu artigo lá para o grupo no facebook. Autismo, tdah, asperger, tudo no mesmo rol do interesse em medicar, medicar e medicar, e mais: com psicotrópicos. Tarja-preta em crianças é crime!
    Também sou adepta e recomendo a homeopatia a todas as mães desesperadas que acodem ao grupo, ou que encontro presencialmente.
    E parabenizo o Gustavo Nantes pela conscienciosa procura.
    E, sim, é possível "ser normal" mesmo não falando corretamente no que os adultos codificaram como "tempo certo". Tivemos um caso na família. Só foi falar aos 5 anos, mesmo tendo acompanhamento de fono e psi e toda a p... que enchem os ouvidos das mães pra fazer. Hoje está com 17, muito bem, obrigada, concluindo o ensino médio, mais um curso profissionalizante complexo, exímio nadador, aconselhando pessoinhas mais jovens que ele a não caírem na depressão pela incompreensão de pais e professores!!!
    E Viva os que ousam romper com os limites do instituído!
    Beijos
    Adorei teu blog

    ResponderExcluir
  10. Ótimo documentário. Obrigada por divulgar. Estou passando por um episódio bem ruim de uso de antibiótico com meu filho e procurava uma explicação para a piora significativa no seu comportamento e na falta de apetite. Acho que achei. Já estava interessada em homeopatia e medicina ortomolecular e agora estou convencida de que é preciso mudar.

    ResponderExcluir
  11. Olá July! Olha...eu nem sei quais palavras devo utilizar aqui para agradecê-la... Então, opto pelas mais simples pois foi desta maneira que vc conseguiu alcançar a muitos aqui: Muito obrigada! É incrível como vc consegue passar em cada linha, um fio de esperança.
    Já li muitos artigos aqui na net desde que tive o diagnóstico do meu pequeno Igor. Diagnosticado aos 3 1/2 anos como Síndrome de Asperge, hoje, com 5.
    Também optamos pelo tratamento homeopático com uma médica DAN que é referência aqui no RJ. O valor da consulta é bem alto, mas é como eu suspeitava: Um investimento que nos daria mais segurança em termos de tratamento e que nos tiraria da zona de conforto provocada pela frieza sentida na frase que se repetia dentro dos consultórios médicos: Não tem cura! ( e ponto final)
    Cheguei até este site em razão da procura sobre a dieta do glúten, lactose e caseína. Ainda não começamos. Estou me organizando pra isso e buscando formas de substituir os alimentos. Não vejo a hora!!!!!!! Hoje mesmo irei em busca destes alimentos.
    Enfim, fico no aguardo de suas próximas postagens.

    Obs: Término repentino devido ao sono que acaba de chegar.rsrs

    Grande abraço companheira!

    ResponderExcluir
  12. Urgente de um medico homeopata que use a terapia CEASE .para tratar do meu neto, ele tem 4 anos e foi diagnosticado como altista, ele mora em Florianopolis. Por favor se alguem poder informar, ficarei muito agradecida.

    ResponderExcluir

Comentarios sao muito bem-vindos!! Eu quero muito divulgar tudo o que estou aprendendo desde que comecei o tratamento do meu filho. A minha intenção é ajudar as mães que não falam inglês. Deixe seu comentario ou me escreva diretamente: autismosuperado@hotmail.com